Para começar, veja essa curta animação (legendas em português):

A sátira é super comédia, não? Entretanto, todas essas coisas são meias verdades, ou são completamente falsas. Não que eu queira fazer algum juízo de valor aqui, nada a ver. Este post é meramente informativo e baseado no que eu ví aqui em Marselle, pelos poucos dias que eu estou aqui. De qualquer forma, aumente o som, e vamos ao post:

  1. Cumprimentando as pessoas: Em geral, as pessoas se cumprimentam com dois beijos, um em cada bochecha. Dependendo da região, podem ser três ou até quatro. Damien conta que ao norte, são quatro e em alguns lugares próximos à Avignon são três. Aqui, em Provença-Cote-d’Azur são dois. Detalhe, très important, os meninos, desde que já se conheçam, também se cumprimentam com dois beijos. No Homo.
    Aqui em Marseille, basta saber o nome da pessoa que já vira chegado e utilizam o cumprimento assim, mais íntimo, mas em outras regiões é preciso ser muito amigo pra fazer.
    Dica pra não errar: Espere seu interlocutor.
  2. Tu ou Vous? Se você já fala francês, vá para baixo, se você só arranha, perca um tempinho aqui. Na língua francesa, há duas maneiras de se tratar com seu interlocutor, o “Tu” ou o “Vous”. Tu, é mais informal. Vous, você usa na rua, em seu lugar de trabalho, com seu professor e com quem você não conhece direito. Bom, aqui em Marseille, quando você diz seu nome, já vira Tu. É fácil assim, mas no resto da frança, creio que demore mais pra “tutoier” as pessoas.
  3. Comida: Aqui na França, há muitas diferenças na comida. Uma delas é que se come a maioria dos queijos depois da refeição, como sobremesa. No café-da-manhã, só coisas doces: Tartine (Pão frito na manteiga com geléia), croissant (lê-se “croássan”), Viennoirserie (tipo um pãozinho com chocolate). Uma coisa bem curiosa que eu ví aqui, o pão está sempre em cima da mesa, não como você pensa. Literalmente, o pão está sempre em cima da mesa. Pelo menos aqui em Marseille, eles não guardam o pão em lugar nenhum, eles deixam na cozinha em cima do balcão ou em cima da mesa. Salada e sanduíche no almoço são comuns também. Não, “French Fries” não são francesas.
  4. Banheiro: Quando for usar papel higiênico, jogue-o no vaso e dê descarga. O papel aqui é biodegradável e o esgoto tem tratamento especial para ele, então não tenha medo. E quando for tomar banho, se estiver na casa de alguém, não abuse do chuveiro, dez minutos no máximo, cinco é melhor.
  5. Quer dividir casa? Appartager.com
  6. Metro: CUIDADO. Tem muito “pickpocket” (leia isso no português mais puxado que conseguir e é mais ou menos como os franceses falam.) aqui no metro, é o roubo de carteira, sem que você veja. Se você estiver com mochila, coloque-a na sua frente. O melhor tipo de bolsa são aquelas que ficam na sua lateral, assim você pode manter um olho nela enquanto aproveita o passeio.

Por hoje é só. Après, mais dicas. Mas mais lá pra frente, pra fazer um novo preciso descobrir muita coisa ainda.

À bientôt!

Anúncios